Junho Vermelho | Unidade de Cascavel/PR Junho Vermelho | Unidade de Cascavel/PR

Junho Vermelho é marcado por história de superação e vídeo emocionante para incentivar a doação de sangue

Postado em 01/07/2024 às 09h:37

Em uma iniciativa de empatia para o Junho Vermelho, mês dedicado à conscientização sobre a importância da doação de sangue, apresentamos a comovente história de Valéria Gurski, uma paciente do Hemocentro de Cascavel/PR que depende regularmente dessas doações para sobreviver. Valéria, que foi diagnosticada com talassemia quando ainda era uma criança, compartilhou sua jornada de superação com os colaboradores da Unidade de Cascavel/PR. 

Por meio do Projeto UNIdos para Doar, a Faculdade UNIGUAÇU é parceira do Hemocentro de Cascavel, a ação tem um único objetivo: incentivar a doação de sangue dos colaboradores. 

“A parceria com a Faculdade UNIGUAÇU é algo de extrema importância para o Hemocentro, visto que nós estamos sempre procurando aumentar o número de doadores voluntários, então essas ações da comunidade são muito importantes porque elas aumentam as ações voluntárias, nós temos 2 tipos de doação: a de reposição que é quando a família do paciente traz doadores para repor o que ele usou e a doação voluntária que doa sem nome do paciente, que faz doação porque sabe que alguém precisa e nós temos como objetivo tornar em torno de 85% das doações voluntárias. Então ações como a da Faculdade UNIGUAÇU são extremamente importantes, por isso, nós conseguimos elevar o número de voluntários na doação de sangue”, explicou a assistente social do Hemocentro, Eliane Vignatti Avancini.

Com apenas uma doação de sangue, conseguimos salvar até 4 vidas. Esse ato de amor é muito importante, pois cada vez o Hemocentro busca doadores para poder ajudar outras pessoas. O integrante do Time de Marketing da Faculdade UNIGUAÇU e também responsável pela ação, João Vitor Menegol, explicou a importância da doação.

“Depois que descobri que há pessoas que dependem de transfusões sanguíneas para sobreviver pelo resto da vida, percebi que doar apenas uma vez não é suficiente. Por isso, farei questão de doar sempre que possível, sabendo que posso fazer o máximo para salvar vidas. Por isso, repito: não seja um doador ocasional, seja alguém que doa sempre que pode, porque literalmente nas nossas veias corre a vida de alguém”.

Para encerrar o mês de junho com conscientização entre os colaboradores, Valéria e Eliane foram recebidas na Unidade de Cascavel/PR para um bate papo. Além disso, foi apresentado um vídeo para representar a campanha, no qual alguns colaboradores da instituição gravaram seu depoimento e conheceram para quem foi doado o seu próprio sangue.  O vídeo emocionante que está circulando nas redes sociais, com o objetivo de sensibilizar a sociedade e aumentar o número de doadores, destaca não apenas a importância da doação de sangue, mas o impacto que isso traz na vida de quem precisa dessas doações.

“Quando o João entrou em contato comigo e falou qual seria a ideia para a campanha, eu já amei. Conhecer um doador de sangue é muito emocionante, e quando eles me conhecem, quando eles identificam um rosto que realmente depende da doação deles, a doação se torna muito mais significativa. Vivemos em um país onde a solidariedade é referência no mundo, porém a doação de sangue não é valorizada. O Brasil tem mais de 200 milhões de pessoas e infelizmente não chega a 2% da população que doa sangue. As pessoas precisam se conscientizar da importância, do tanto de gente que depende de doações de sangue, assim como pessoas em tratamento oncológico, pessoas que se acidentam no trânsito, que passam por grandes cirurgias, e principalmente, pessoas como eu que dependem da doação de sangue para viver por ter nascido com uma condição genética”, ressaltou Valéria Gurski, paciente do Hemocentro. 

O mês de junho já acabou, e julho chegou com tudo, e as doações devem continuar! 

A Faculdade UNIGUAÇU juntamente com o Hemocentro, espera que o vídeo inspire mais pessoas a se tornarem doadoras regulares, especialmente em um período em que os estoques de sangue costumam estar mais baixos. “Doar é rapidinho, não tem custo financeiro e não dói. Além disso, garante a vida de quem tanto precisa”, conclui Valéria. 

Confira o vídeo abaixo:

Na última quarta-feira (26/06), os colaboradores marcaram presença mais uma vez no Hemocentro. Confira como foi esse momento abaixo:

O que você precisa para ser um doador:

 -Estar em boas condições de saúde.

-Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos.

-Pesar no mínimo 50kg.

-Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

-Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

-Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, RG ou CNH.

Faça igual a nossa equipe da Unidade de Cascavel/PR e seja um doador de sangue.  UNIdos podemos salvar vidas! 

Acompanhe o Instagram @hemocentro_cascavel e saiba mais! 

Compartilhe:

Veja também

Raiva: prevenção é a chave, e a ...

O Hospital Veterinário UNIGUAÇU convida a todos a vacinarem seus pets contra a raiva e deixar o protocolo de vacinação em dia...

Conheça os cursos que fazem part...

A Faculdade UNIGUAÇU está realizando uma pesquisa com o objetivo de descobrir quais cursos nossos futuros acadêmicos têm interesse em cursar.

A VITRINE DO CONHECIMENTO VEM AÍ...

É com muita alegria que a Faculdade UNIGUAÇU informa que será realizada mais uma vez em nossa instituição a Expo UNIGUAÇU.